jump to navigation

Uma análise do remake de Havaí 5-0 24/09/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv.
Tags: , ,
add a comment

O remake de Havaí 5-0 estreou no dia 20/09 nos EUA e conseguiu uma ótimos índices de audiência, sendo considerado uma das grandes promessas da temporada.

Pude assistir ao episódio piloto e gostaria de fazer algumas observações sobre a série. Não pretendo escrever um review, mesmo porque vários outros blogs e sites o fazem com muito mais propriedade. Quero apenas analisar o remake, como um fã do seriado original, fazendo algumas comparações e observações que, pelo menos nas resenhas que li, ficaram faltando. E isso se deve mais pelo pouco conhecimento sobre a série clássica e sobre estilo das antigas produções.

Para quem não conhece o enredo do remake, Steve McGarrett (Alex O’Loughlin) tem seu pai assassinado por um terrorista. Então, retorna ao Havaí, estado onde nasceu. Convidado pela governadora (Jean Smart) para comandar um grupo de elite da polícia havaiana, com completa imunidade e carta branca para agir nas ilhas. Ao longo dos acontecimentos, entram para a equipe Danny Williams (Scott Caan), Chin Ho Kelly (Daniel Dae Kim) e Kono Kalakaua (Grace Park).

Nesse episódio piloto, McGarrett persegue o terrorista (James Masters), assassino de seu pai. As muitas cenas de ação são o destaque à primeira vista. Acredito até que, mesmo ao comparamos a séries que seguem (ou seguiam) esse estilo, como 24 Horas, por exemplo, foi um pouco exagerado. A verdade é que 45 minutos pareceram insuficientes para a estória. Como em muitos pilotos, umas duas horas poderiam ser mais adequadas. De qualquer forma, a série causou uma boa impressão no público em geral e deverá ser um dos grandes sucessos da CBS nessa temporada.

A partir desse enredo, já é possível fazer perceber algumas grandes modificações com relação ao seriado original. A começar pela personagem Kono, que não era uma mulher, mas um homem, além de não ter parentesco com Chin. E não era uma governadora, mas um governador. Essas sutis mudanças podem ser explicadas pela presença feminina limitada que existia e que conseguiu ser muito bem revertida. Outra questão é a relação entre McGarrett e Williams, que começou conturbada na nova versão, contrastando com a forte amizade que possuíam originalmente. Mas isso provavelmente será desenvolvido nos próximos episódios.

Outro ponto a ser comentado é a já citada ação. Não que a série clássica não possuísse, mas não era tão onipresente. A equipe do 5-0 conseguia capturar os criminosos que apavoravam as ilhas havaianas nem sempre pelo uso da força, mas principalmente pela inteligência. Algo que podemos até mesmo comparar com C.S.I., mas sem a tecnologia avançada, é claro. Esse aspecto não esteve tão evidente e espero que acabe sendo mais bem utilizado nos próximos episódios.

As séries atuais possuem a tendência de explorar as relações pessoais de seus personagens. Com Hawaii Five-O, ou Havaí 5-0, como prefiro chamar, isso não foi diferente. Nas décadas de 50, 60 e grande parte dos 70, a maioria dos seriados policiais pouco mostrava a vida fora do trabalho dos personagens, dando a entender justamente que os homens da lei se dedicavam tanto ao dever que não tinham vidas particulares. A versão original também pouco mostrou esse aspecto. Em um episódio conhecemos a irmã de McGarrett, que está sendo enganada por uma médica fajuta (ela irá aparecer na nova série); em outro, uma namorada de Danno é assassinada, e por aí vai. Foram apenas estórias esporádicas ao longo das 12 temporada em que ficou no ar. Na versão 2010, temos o pai de McGarrett assassinado, a presença da filha de Danny, entre outros, que ajudam a renovar o enredo.

Agora, gostaria de citar alguns elementos semelhantes a versão original. A começar pelo tema. Composto por Morton Stevens para o seriado em 1968, tornou-se sucesso em todo o mundo ao ser regravada pela banda The Ventures. Uma roupagem mais moderna foi dada à música, mas a original ainda continuará sendo a mais popular. A abertura foi uma clara homenagem à série. Para quem já assistiu, são rápidas cenas que remetem à sequência antiga, como as famosas ondas, o zoom em McGarrett na sacada de um edifício, a turbina de avião, a dançarina havaiana, os homens dançando com fogo…

Outra referência é o edifício que serve de base para a equipe, o mesmo utilizado nos anos 60 e 70. Na verdade, aquele é o Iolani Palace, antigo palácio da monarquia havaiana e sede do Estado, sendo atualmente um museu. Mas o que mais chamou a atenção de qualquer fã foi a famosa fala de McGarrett, antes dita por Jack Lord em centenas de episódios, e agora por Alex O’Loughlin: “Book’em Danno!”.

Não posso também deixar de citar a importância que a produção de Havaí 5-0 teve e terá para o Havaí. No final da década de 60 e, principalmente, 70, o turismo nas ilhas cresceu consideravelmente, muito devido à exposição das belezas locais para o mundo, movimentando a economia. Foi a primeira série a ser inteiramente filmada no Estado e a estrutura montada foi aproveitada por outros programas, como Magnum, que veio logo em na sequência e também ajudou o turismo por lá. A expectativa é que a nova versão influencie da mesma maneira e deixe muitas pessoas pelo planeta com vontade de conhecer de perto os cenários havaianos.

Finalmente, posso concluir que Hawaii Five-O tem um certo espírito da série original. Entretanto, ainda é cedo para afirmar qualquer coisa. Acredito que nos próximos episódios o seriado mostrará a que veio. A ação alucinante não poderá ser mantida – acabará cansando o espectador, uma vez que assistir a tantos tiros, socos e explosões, semana após semana, acaba realmente desgastando. A opção, ao meu ver, é justamente acrescentar um dos melhores elementos do seriado antigo: a inteligência, a perspicácia dos personagens, demostrada em ótimos roteiros, com estórias surpreendentes e que, mesmo sem toda a parafernália tecnológica atual, conseguia prender a atenção de quem assistia. Quem nunca viu nenhum episódio do original, recomendo assitir um, pelo menos para comparar.

Espero que o sucesso de Hawaii Five-O continue por toda a temporada e que se torne um dos maiores destaques do gênero nessa temporada. Com certeza tem chances para tanto.

Anúncios

Rede Brasil estreia novas séries 19/09/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv.
Tags: , , , , , , ,
add a comment

A Rede Brasil está estreando novas séries em setembro.

Voltam a ser exibidos Ultraman, Ultraseven, O Túnel do Tempo, Terra de Gigantes e Supermáquina, além de Stargate SG-1.

É provável que as dublagens utilizadas sejam as originais em todas essas séries.

Além desses seriados, o canal também voltará a exibir os desenhos Mr. Magoo e Snoopy.

Devido às mudanças constantes na programação, indico que verifiquem no site do canal os horários de exibição.

James MacArthur em Havaí 5-0 19/09/2010

Posted by spockhur in Atores, tv.
Tags: , , ,
add a comment

O ator James MacArthur, que ficou famoso por interpretar Danny Williams na série Havaí 5-0, foi convidado para fazer uma breve participação no remake que está sendo produzido. A informação foi divulgada pelo próprio ator.

MacArthur é o único integrante do elenco principal da série original ainda vivo. Sua participação seria bem pequena, mas foi logo aceita pelo ator.

A série está sendo considerada pela imprensa americana como uma das maiores apostas para a nova temporada. Estrelada por Alex O’Loughlin, Hawaii Five-O promete ser um pouco diferente do original, mas mantém os nomes dos personagens e o inesquecível tema composto por Morten Stevens.

No Brasil, a série deverá estrear em outubro pelo canal Liv.

CBS vai produzir remake de Havaí 5-0 22/05/2010

Posted by spockhur in tv, Uncategorized.
Tags: , , , , ,
add a comment

Ao anunciar sua nova programação, a emissora americana CBS confirmou a produção do remake de Havaí 5-0 na próxima temporada.

O piloto, produzido por Alex Kurtzman e Roberto Orci, segue a mesma linha da série original, mostrando a equipe do 5-0, que responde diretamente ao Estado do Havaí.

O elenco será formado por Alex O’Loughlin como Steve McGarrett (antes interpretado por Jack Lord), Scott Can como Danny Williams (antes feito por James McArthur), Daniel Dae Kim como Chin Ho Kelly (antes Kam Fong) e Grace Park como Kono Kalakaua (antes um homem, interpretado por Zulu). Entre os personagens, a irmã de McGarrett, Mary Ann, vista apenas em um episódios das primeiras temporadas da série original, fará parte do elenco fixo, sendo interpretada por Taryn Manning; e Jean Smart como a governadora Pat Jamenson.

Para a felicidade dos fãs, o clássico tema da série foi mantido, mas em versão modernizada, assim como a abertura. Assista aqui.

O Havaí espera que, da mesma forma que o seriado clássico, a produção do programa estimule a economia do estado, principalmente o turismo, ao mostrar as belezas locais para todo o mundo.

A produção deverá começar em junho. A estreia deverá ocorrer em setembro, mas a data ainda não foi confirmada.

TCM estreia Shogun 01/05/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv, Uncategorized.
Tags: , , ,
add a comment

O TCM vai exibir, já a partir de de domingo, 2 de maio, a minissérie Shogun.

Exibida em 1980, traz Richard Chamberlain como um navegador que chega ao Japão do século XVII , baseado na obra de James Clavell. Além de atores ocidentais, como John Rhys-Davies, a minissérie contou com elenco local, que incluía o grande ator japonês Toshirô Mifune.

A minissérie será exibida aos domingos, às 20h, com episódios de duas horas de duração.

Box especial com a série completa de Esquadrão Classe A nos EUA 26/02/2010

Posted by spockhur in Lançamentos em DVD.
Tags: , , , ,
add a comment

Aproveitando o lançamento do filme, a Universal lançará nos EUA um box especial com todas as temporadas de “Esquadrão Classe A”.

O interessante da coleção é a embalagem, que tem o formato da famosa van GMC Vandura, dirigida por B. A. Baracus (Mr. T) na série. Mas será uma edição limitada.

Ao todo, serão 25 discos que reunem os 98 episódios das 5 temporadas do seriado, originalmente exibido entre 1983 e 1987. Os extras são os mesmos dos boxes individuais, assim como as características técnicas.

A caixa será lançada em 8 de junho, bem a tempo da estreia do filme, que ocorrerá no dia 11 do mesmo mês. O preço de pré-venda do Amazon é $104,99.

Vale lembrar que a Universal lançou no Brasil apenas as duas primeiras temporadas. Até hoje os fãs questionam a distribuidora sobre a descontinuação da série, assim como de vários outros títulos.

Detalhes da nova versão de Havaí 5-0 19/02/2010

Posted by spockhur in tv.
Tags: , , , ,
add a comment

Sucesso nos anos 60 e 70, a série Havaí 5-0, criada por Leonard Freeman, ganhará uma nova versão. Essa notícia já era antiga, divulgada há quase dois anos. Mas finalmente parece que vai sair.

O canal norte-americano CBS havia contratado Ed Bernero, produtor da série Criminal Minds para desenvolver um piloto. Entretanto, parece que a emissora não aprovou.

O produtor Peter Lenkov (da série C.S.I. NY) e os roteiristas Alex Kurtzman e Roberto Orci (da série Fringe e da nova versão cinematográfica de Star Trek) então apresentaram novas ideias para a série, o que fez a CBS dar o sinal verde para a produção do episódio-piloto. Entre as mudanças realizadas pelos três estão a manutenção da trama original, com os mesmos personagens e ambientado nos dias atuais.

Nas últimas semanas a imprensa americana tem divulgado informações sobre a contratação do elenco.

Para o papel de Steve McGarrett, chefe do 5-0, foi confirmada a contratação de Alex O’Loughlin, que recentemente estrelou o drama médico Three Rivers, também exibido pela CBS. Originalmente o papel foi interpretado de forma brilhante por Jack Lord, nas 12 temporadas exibidas entre 1968 e 1980.

Chin Ho Kelly será interpretado por Daniel Dae Kim, que atualmente está trabalhando em Lost, série que está em sua temporada final. O personagem foi interpretado por Kam Fong.

Por fim, Taryn Manning, atriz, cantora e estilista atuará como Mary Ann, irmã de Steve McGarrett. Para quem não se lembra, essa personagem apareceu sim na série original, mas em apenas um episódio de duas partes, chamado “Era Uma Vez” (Once Upon a Time), da 1ª temporada. A atriz Nancy Malone interpretou o papel na história, que mostrava McGarrett indo até Los Angeles para ajudar a irmã que estava sendo enganada por uma médica fajuta.

Até agora os personagens Danny Williams, originalmente interpretado por James MacArthur; e Kono, papel de Zulu no original, não tiveram seus intérpretes divulgados.

Também não há informações sobre como será famoso tema, composto por Morton Stevens para a série. A única certeza é que estará presente na nova versão.

As filmagens do piloto deverão começar nos próximos meses, na ilha havaiana de Oahu, na qual está localizada a capital Honolulu.

Os Pioneiros e Voyagers estreiarão em abril 06/02/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv.
Tags: , , , , ,
2 comments

O TCM confirmou a estreia das clássicas séries “Os Pioneiros” e “Voyagers – Viajantes do Tempo” para abril.

“Os Pioneiros” será exibido de segunda à sexta, às 8h e às 13h, com a dublagem original. A estreia acontecerá no dia 5 de abril.

Já “Voyagers” irá ao ar aos sábados, às 4h e às 12h. Não há informações sobre a dublagem. A estreia será no dia 4 de abril.

Para dar lugar aos dois seriados, “O Incrível Hulk” deixará a programação do canal.

Fonte: Retrô TV.

Bonanza em março no TCM 18/01/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv.
Tags: , , , ,
1 comment so far

O canal pago TCM anunciou a estreia do clássico faroeste “Bonanza” em março.

Exibido entre 1959 e 1973, o seriado teve em seus primeiros anos o objetivo de incentivar a popularização da tv à cores nos EUA. Mas foi além do apelo comercial, tornando-se um dos programas de maior sucesso durante a década de 60.

A série mostrava Ben Cartwritght (Lorne Greene), viúvo três vezes e pai de três filhos, que luta para manter sua fazenda “A Poderosa”.

O TCM exibirá a série com o idioma original em inglês e legendas em português. Segundo informações divulgadas pelo diretor de programação do canal, Marcelo Tamburri, a dublagem não está disponível nem pela distribuidora CBS nem pelos canais brasileiros. E ainda não há interesse da CBS em redublá-los.

Pelo que pode ser percebido nos dvds lançados pela ClassicLine, apenas alguns poucos episódios diversos possuem uma nova dublagem. Estes mesmos foram exibidos há pouco mais de um ano pela Rede Brasil.

A boa notícia fica por conta de outro seriado. “Os Pioneiros”, que será reprisada em breve pelo TCM, contará com a dublagem original. Com relação a “Voyagers – Os Viajantes do Tempo”, não foram divulgadas informações a respeito.

“Bonanza” estreará dia 1º de março, com exibições de segunda à sexta, às 12h e às 21h.

Fonte: Retrô TV.

Tooncast estreia Josie e as Gatinhas 07/11/2009

Posted by spockhur in Estreias na TV.
Tags: , , , , ,
add a comment

O canal Tooncast fez sem muito alarde a estreia do clássico desenho da Hanna-Barbera “Josie e as Gatinhas”. Esta foi a primeira modificação na grade de programação do canal desde que entrou no ar.

“Josie e as Gatinhas” vem sendo exibido desde 1º de novembro, às 15h e às 3h.

O desenho foi exibido originalmente entre 1970 e 1971. Teve apenas 17 episódios produzidos, nos quais a banda formada por 3 garotas viajam pelo mundo em turnê, envolvendo no meio do caminho em aventuras e mistérios.

Em 2001 foi feito um filme baseado na série de animação, com atores reais, mas que acabou sendo um enorme fracasso.