jump to navigation

Morre Fess Parker 20/03/2010

Posted by spockhur in Atores, Falecimentos.
Tags: , , , ,
add a comment

Morreu no dia 18 de março, o ator Fess Parker, famoso por estrelar as séries “David Crockett” e “Daniel Boone”.

Quando jovem sonhava ser um jogador de futebol americano, mas acabou indo para as artes dramáticas. Começou no teatro, passando posteriormente para pontas e figurações em filmes.

Em 1954 a Disney estava selecionando o elenco para a sua primeira produção com atores: “David Crockett”. Interessado em James Arness, Walt Disney assistiu ao filme “O Mundo em Perigo”; Parker também atuou no filme e chamou a atenção de Disney, que o selecionou. “David Crockett” tornou-se a primeira minissérie da tv americana, uma vez que não chegava a ser um seriado pois era formado por vários telefilmes.

Com o grande sucesso deste trabalho, estendido também pelas reprises, Fess Parker seguiu carreira após o fim da produção. Em 1964, ele encontrou um personagem que o estabeleceria de vez: “Daniel Boone”.

O seriado mostrava as aventuras de Daniel Boone, um dos grandes pioneiros do oeste americano e considerado uma das maiores figuras da história dos Estados Unidos. Com histórias familiares e divertidas, conquistou o público americano, permanecendo no ar por seis temporadas.

Em 1974, Parker ainda tentou voltar a ter destaque na tv, estrelando o piloto de “The Fess Parker Show”, que acabou não sendo transformado em série.

Depois disso, começou a se dedicar ao ramo de hotelaria e, posteriormente, ao de vinhos, obtendo grande sucesso.

Segundo um porta-voz da família, Parker faleceu de causas naturais, aos 85 anos, deixando esposa e dois filhos.

Fonte: Revista Tv Séries.

Anúncios

Morre Peter Graves 20/03/2010

Posted by spockhur in Atores, Falecimentos.
Tags: , , ,
2 comments

Famoso por estrelar a série de tv “Missão: Impossível”, o ator Peter Graves faleceu aos 83 anos no último dia 14.

Começou a estudar teatro após prestar o serviço militar. Na época seu irmão, James Arness, já era profissional, estrelando a série “Gunsmoke”. Interessado em ter uma carreira indpendente, adotou outro sobrenome da família, Graves.

Atuou em vários filmes B, chegando à televisão no início da década de 50, em teleteatros. Entre 1955 e 1960 estrelou a série infantil “Fury”. Após o fim do programa, trabalhou no seriado australiano “O Chicote”.

Entre 1965 e 1966 participou da série “Corte Marcial”, que durou apenas uma temporada. No ano seguinte, Graves foi chamado para substituir o ator Steven Hill no seriado “Missão: Impossível”, um dos maiores sucesso da televisão americana na época. A produção teve problemas com Hill, que era judeu praticante e não podia trabalhar após às 16h de sexta-feira até a segunda de manhã, atrasando as gravações.

Como Jim Phelps, líder o grupo que realizava as missões mais arriscadas e impossíveis secretamente para o governo norte-americano, Peter Graves ganhou o Globo de Ouro de melhor ator dramático em 1971. Mesmo após o fim da série, em 1973, Graves ficou marcado como o personagem.

Nas décadas de 70 e 80 fez diversas participações em seriados, entre eles “A Ilha da Fantasia”, “Assassinato por Escrito”, “O Barco do Amor” e “As Supergatas”.

Em 1988 retornou como Jim Phelps no remake de “Missão: Impossível”, que durou apenas duas temporadas.

Recebendo a estrela na Calçada da Fama de Hollywood, em 2009.

Também trabalhou no cinema, tendo se destacado como o piloto do avião na comédia “Apertem os Cintos o Piloto Sumiu”, em 1980, e em sua continuação em 1982.

Em sua carreira também se destacaram papéis em “Inferno Nº 17” e “Mensageiro do Diabo”.

Suas últimas atuações foram na tv, com participações nas séries “Cold Case”, “House” e “7th Heaven”. Também dublou um episódio da animação “American Dad!” e dois jogos de computador.

Peter Graves retornava de um evento, com a esposa, Joan Endress, com quem foi casado por quase 60 anos, e as filhas; quando sofreu uma parada cardíca. Uma das filhas tentou reanimá-lo, mas não obteve sucesso. No dia 18 completaria 84 anos.

Fonte: Revista TV Séries.

Morre Pernell Roberts 27/01/2010

Posted by spockhur in Atores, Falecimentos.
Tags: , , , ,
1 comment so far

Morreu, no último dia 24, o ator Pernell Roberts, integrante do elenco original da série “Bonanza”.

Interpretando Adam, o mais velho dos irmãos Cartwright, Roberts se tornou um dos atores mais queridos do elenco. Entretanto, nunca gostou da série, acreditando ser uma produção medíocre. Preso ao contrato assinado com o canal NBC, cumpriu as cinco temporadas previstas e apenas renovou para a 6ª após a grande manifestação dos fãs. Mas no fim de 1964 acabou saindo em definitivo do seriado, que ainda ficou no ar por mais nove anos.

Após deixar “Bonanza”, Roberts enfrentou um período de ostracismo, fazendo apenas participações em algumas séries de tv, como “James West”, “O Agente da U.N.C.L.E.”, “Havaí 5-0”, entre outras. Na década de 70 voltou a se dedicar ao teatro, conseguindo grandes sucesso em musicais.

Em 1979 retornou à tv, atuando ao lado de Gregory Harrison no seriado “Hospital” (Trapper John M.D.). Apesar de também não gostar muito da série, acabou ficando até seu encerramento em 1986.

Após “Hospital”, Roberts realizou um ou outro trabalho, com destaque para apresentação do programa “FBI: The Untold Stories” e a narração de documentários do The History Channel. Uma de suas últimas atuações foi em “Diagnosis Murder”, em 2001, no qual interpretou novamente um personagem da série “Mannix”.

Além de cantor, tendo gravado três discos, era também defensor dos direitos humanos, sendo principalmente contra a discriminação racial.

Casado quatro vezes, teve um filho, que morreu em 1989, em um acidente de moto.

Pernell Roberts tinha 81 e faleceu devido a um câncer no pâncreas.

Fontes: RetrôTV e Revista TV Séries.

Morre Vic Mizzy, compositor do tema de “A Família Addams” 24/10/2009

Posted by spockhur in Falecimentos.
Tags: , , , ,
add a comment

No dia 17 de outubro, faleceu o compositor e letrista Vic Mizzy.

Nascido no Brooklyn, em Nova York, iniciou sua carreira no rádioe no circuito vaudeville. Serviu o exército americano na Segunda Guerra Mundial.

Após a guerra, compôs músicas gravadas por nomes como Dean Martin, Doris Day, Perry Como e Billy Holiday.

Chegou à tv na década de 60. Compôs temas e trilhas de séries e pilotos. Entre seus temas mais conhecidos estão os dos seriados “Fazendeiros do Asfalto” (Green Acres) e “A Família Addams”. Este último se tornou mundialmente conhecida, sendo inesquecível os dois estalares de dedos.

Vic Mizzy faleceu em sua casa, em Bel-Air, Los Angeles, Califórnia, aos 93 anos.

Fonte: Revista Tv Séries.

Morre Farrah Fawcett 04/07/2009

Posted by spockhur in Atores.
Tags: , , , ,
add a comment

A atriz Farrah Fawcett, 62, conhecida por encarnar a personagem Jill Munroe na série As Panteras , morreu na manhã do dia 25 de junho, em um hospital de Los Angeles.

A atriz americana lutava contra um câncer retal desde setembro de 2006. Em outubro do mesmo ano, Farrah se submeteu a uma cirurgia para retirar um tumor do intestino grosso e fez sessões de quimioterapia e radioterapia durante seis semanas. Quatro meses depois, a atriz recebeu um diagnóstico de que estava curada. No entanto, em maio de 2007, ela anunciou que o tumor havia voltado. Nesta quarta-feira, Fawcett havia sido encaminhada a uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) devido à piora no seu quadro clínico. Ela estava internada desde o começo da semana e estava acompanhada do namorado Ryan O’Neal.

A luta da atriz contra a doença se transformou em um documentário, intitulado “Farrah Story”, transmitido recentemente da TV norte-americana. São relatadas suas lutas particulares e os tratamentos aos quais se submeteu nos Estados Unidos e na Alemanha. Rodado com sua própria câmera de vídeo caseira e narrado por ela própria, o especial de duas horas inclui participações de Ryan O’Neal e de suas colegas de As Panteras, Jaclyn Smith e Kate Jackson.

Nascida no Texas em 2 de fevereiro de 1947, Farrah, cujo nome verdadeiro é Ferrah Leni Fawcett, estudou microbilogia na Universidade do Texas, mas sempre quis ser atriz. Estreou na televisão em 1965 na série Jeannie é um Gênio. Nos anos seguintes, participou de A Noviça Voadora (1967) e A Família Dó-Ré-Mi (1970). Em 1968, a atriz conheceu o ator Lee Majors, conhecido por estrelar a série O Homem de Seis Milhões de Dólares. Eles oficializaram a união em julho de 1973.

A atriz se tornou conhecida em 1976 ao integrar o elenco do seriado de tevê As Panteras, que virou rapidamente um dos mais famosos nos Estados Unidos. As três atrizes atingiram o estrelato, mas Farrah, com sua beleza estonteante, virou a “queridinha da América”.

As longas horas de gravação e a fama repentina da mulher irritavam Majors. Provavelmente por conta disso, Farrah abandonou As Panteras em 1977, após uma temporada.

Em 1985, Farrah e O’Neal tiveram um filho, Redmond O’Neal.

Farrah posou para a Playboy americana em dezembro 1978. A atriz surpreendeu os fãs ao posar novamente para a publicação em dezembro de 1995, aos 48 anos. A edição vendeu mais de 4 milhões de exemplares e é até hoje a terceira Playboy mais vendida da história nos Estados Unidos.

Considerada uma das mulheres mais atraentes de Hollywood nos anos 70, Fawcett concordou recentemente em se casar com o ator Ryan O’Neal, de 68 anos, seu parceiro desde os anos 80. Os dois já foram casados em 1979, mas o casamento terminou nos anos 90.

Eles se reencontraram há poucos anos e, segundo confessou O’Neal, depois de várias tentativas, Farrah finalmente disse o “sim”. “Diremos o ‘sim’ quando ela puder”, disse O´Neal nesta semana.

Em recente entrevista concedida à revista “People”, O’Neal contou que a atriz passava seus dias confinada em casa, a maior parte do tempo na cama, por causa dos efeitos do tratamento contra o câncer.

Fawcett perdeu o cabelo, estava muito debilitada e só recebia a visita de algumas amigas íntimas, como Jaclyn Smith e Kate Jackson, que foram suas companheiras na popular série de televisão As Panteras.

Fonte: Retro TV