jump to navigation

Uma análise do remake de Havaí 5-0 24/09/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv.
Tags: , ,
add a comment

O remake de Havaí 5-0 estreou no dia 20/09 nos EUA e conseguiu uma ótimos índices de audiência, sendo considerado uma das grandes promessas da temporada.

Pude assistir ao episódio piloto e gostaria de fazer algumas observações sobre a série. Não pretendo escrever um review, mesmo porque vários outros blogs e sites o fazem com muito mais propriedade. Quero apenas analisar o remake, como um fã do seriado original, fazendo algumas comparações e observações que, pelo menos nas resenhas que li, ficaram faltando. E isso se deve mais pelo pouco conhecimento sobre a série clássica e sobre estilo das antigas produções.

Para quem não conhece o enredo do remake, Steve McGarrett (Alex O’Loughlin) tem seu pai assassinado por um terrorista. Então, retorna ao Havaí, estado onde nasceu. Convidado pela governadora (Jean Smart) para comandar um grupo de elite da polícia havaiana, com completa imunidade e carta branca para agir nas ilhas. Ao longo dos acontecimentos, entram para a equipe Danny Williams (Scott Caan), Chin Ho Kelly (Daniel Dae Kim) e Kono Kalakaua (Grace Park).

Nesse episódio piloto, McGarrett persegue o terrorista (James Masters), assassino de seu pai. As muitas cenas de ação são o destaque à primeira vista. Acredito até que, mesmo ao comparamos a séries que seguem (ou seguiam) esse estilo, como 24 Horas, por exemplo, foi um pouco exagerado. A verdade é que 45 minutos pareceram insuficientes para a estória. Como em muitos pilotos, umas duas horas poderiam ser mais adequadas. De qualquer forma, a série causou uma boa impressão no público em geral e deverá ser um dos grandes sucessos da CBS nessa temporada.

A partir desse enredo, já é possível fazer perceber algumas grandes modificações com relação ao seriado original. A começar pela personagem Kono, que não era uma mulher, mas um homem, além de não ter parentesco com Chin. E não era uma governadora, mas um governador. Essas sutis mudanças podem ser explicadas pela presença feminina limitada que existia e que conseguiu ser muito bem revertida. Outra questão é a relação entre McGarrett e Williams, que começou conturbada na nova versão, contrastando com a forte amizade que possuíam originalmente. Mas isso provavelmente será desenvolvido nos próximos episódios.

Outro ponto a ser comentado é a já citada ação. Não que a série clássica não possuísse, mas não era tão onipresente. A equipe do 5-0 conseguia capturar os criminosos que apavoravam as ilhas havaianas nem sempre pelo uso da força, mas principalmente pela inteligência. Algo que podemos até mesmo comparar com C.S.I., mas sem a tecnologia avançada, é claro. Esse aspecto não esteve tão evidente e espero que acabe sendo mais bem utilizado nos próximos episódios.

As séries atuais possuem a tendência de explorar as relações pessoais de seus personagens. Com Hawaii Five-O, ou Havaí 5-0, como prefiro chamar, isso não foi diferente. Nas décadas de 50, 60 e grande parte dos 70, a maioria dos seriados policiais pouco mostrava a vida fora do trabalho dos personagens, dando a entender justamente que os homens da lei se dedicavam tanto ao dever que não tinham vidas particulares. A versão original também pouco mostrou esse aspecto. Em um episódio conhecemos a irmã de McGarrett, que está sendo enganada por uma médica fajuta (ela irá aparecer na nova série); em outro, uma namorada de Danno é assassinada, e por aí vai. Foram apenas estórias esporádicas ao longo das 12 temporada em que ficou no ar. Na versão 2010, temos o pai de McGarrett assassinado, a presença da filha de Danny, entre outros, que ajudam a renovar o enredo.

Agora, gostaria de citar alguns elementos semelhantes a versão original. A começar pelo tema. Composto por Morton Stevens para o seriado em 1968, tornou-se sucesso em todo o mundo ao ser regravada pela banda The Ventures. Uma roupagem mais moderna foi dada à música, mas a original ainda continuará sendo a mais popular. A abertura foi uma clara homenagem à série. Para quem já assistiu, são rápidas cenas que remetem à sequência antiga, como as famosas ondas, o zoom em McGarrett na sacada de um edifício, a turbina de avião, a dançarina havaiana, os homens dançando com fogo…

Outra referência é o edifício que serve de base para a equipe, o mesmo utilizado nos anos 60 e 70. Na verdade, aquele é o Iolani Palace, antigo palácio da monarquia havaiana e sede do Estado, sendo atualmente um museu. Mas o que mais chamou a atenção de qualquer fã foi a famosa fala de McGarrett, antes dita por Jack Lord em centenas de episódios, e agora por Alex O’Loughlin: “Book’em Danno!”.

Não posso também deixar de citar a importância que a produção de Havaí 5-0 teve e terá para o Havaí. No final da década de 60 e, principalmente, 70, o turismo nas ilhas cresceu consideravelmente, muito devido à exposição das belezas locais para o mundo, movimentando a economia. Foi a primeira série a ser inteiramente filmada no Estado e a estrutura montada foi aproveitada por outros programas, como Magnum, que veio logo em na sequência e também ajudou o turismo por lá. A expectativa é que a nova versão influencie da mesma maneira e deixe muitas pessoas pelo planeta com vontade de conhecer de perto os cenários havaianos.

Finalmente, posso concluir que Hawaii Five-O tem um certo espírito da série original. Entretanto, ainda é cedo para afirmar qualquer coisa. Acredito que nos próximos episódios o seriado mostrará a que veio. A ação alucinante não poderá ser mantida – acabará cansando o espectador, uma vez que assistir a tantos tiros, socos e explosões, semana após semana, acaba realmente desgastando. A opção, ao meu ver, é justamente acrescentar um dos melhores elementos do seriado antigo: a inteligência, a perspicácia dos personagens, demostrada em ótimos roteiros, com estórias surpreendentes e que, mesmo sem toda a parafernália tecnológica atual, conseguia prender a atenção de quem assistia. Quem nunca viu nenhum episódio do original, recomendo assitir um, pelo menos para comparar.

Espero que o sucesso de Hawaii Five-O continue por toda a temporada e que se torne um dos maiores destaques do gênero nessa temporada. Com certeza tem chances para tanto.

Anúncios

TCM estreia Macgyver e Deadwood em outubro 19/09/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv.
add a comment

O canal pago TCM estreará em outubro duas novas séries.

Macgyver – Profissão: Perigo, grande sucesso da década de 80 estrelado por Richard Dean Anderson, será exibido todas as segundas, quartas e sextas, às 20h.

Já Deadwood, seriados produzido pela HBO entre 2004 e 2006 que marcou o ressurgimento do gênero western, ou faroeste, na tv americana, será exibido de terça a sexta à 0h, e aos sábados e domingos à 1h, com exibição de dois episódios.

O site Retrô TV questionou o diretor de programação do TCM se a estreia de Deadwood, um seriados mais novo, representaria uma modificação na linha do canal. Ele negou, afirmando que a série, assim como qualquer outra produção contemporânea que tenha valor para o público do TCM, poderá ser exibida.

Portanto, os fãs do canal poderão ficar sossegados. E ainda por cima, aproveitar para conhecer um dos mais interessantes seriados produzidos na última década.

Rede Brasil estreia novas séries 19/09/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv.
Tags: , , , , , , ,
add a comment

A Rede Brasil está estreando novas séries em setembro.

Voltam a ser exibidos Ultraman, Ultraseven, O Túnel do Tempo, Terra de Gigantes e Supermáquina, além de Stargate SG-1.

É provável que as dublagens utilizadas sejam as originais em todas essas séries.

Além desses seriados, o canal também voltará a exibir os desenhos Mr. Magoo e Snoopy.

Devido às mudanças constantes na programação, indico que verifiquem no site do canal os horários de exibição.

TCM estreia Os Três Patetas, Combate no Vietnã e A Bela e a Fera em julho 15/05/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, Uncategorized.
add a comment

O canal pago TCM trará de volta à tv Os Três Patetas, Combate no Vietnã e A Bela e a Fera no mês de julho.

Os Três Patetas, cultuados há décadas por milhares de fãs em todo o mundo, será exibido de segunda à sexta às 8h, às sextas às 19h, aos sábados 11h e 3h e aos domingos às 11h.

Combate no Vietnã foi o primeiro seriado de tv a mostrar os horrores da Guerra do Vietnã. Será exibido às terças e quintas, às 20h.

Já A Bela e a Fera, adaptação da clássica fábula, traz Linda Hamilton e Ron Perlman como os personagens título. Será exibido nas terças e quintas, às 19h.

Para essas estreias, o TCM deixará de exibir Magnum, A Ilha da Fantasia e As Panteras.

TCM estreia Shogun 01/05/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv, Uncategorized.
Tags: , , ,
add a comment

O TCM vai exibir, já a partir de de domingo, 2 de maio, a minissérie Shogun.

Exibida em 1980, traz Richard Chamberlain como um navegador que chega ao Japão do século XVII , baseado na obra de James Clavell. Além de atores ocidentais, como John Rhys-Davies, a minissérie contou com elenco local, que incluía o grande ator japonês Toshirô Mifune.

A minissérie será exibida aos domingos, às 20h, com episódios de duas horas de duração.

Os Pioneiros e Voyagers estreiarão em abril 06/02/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv.
Tags: , , , , ,
2 comments

O TCM confirmou a estreia das clássicas séries “Os Pioneiros” e “Voyagers – Viajantes do Tempo” para abril.

“Os Pioneiros” será exibido de segunda à sexta, às 8h e às 13h, com a dublagem original. A estreia acontecerá no dia 5 de abril.

Já “Voyagers” irá ao ar aos sábados, às 4h e às 12h. Não há informações sobre a dublagem. A estreia será no dia 4 de abril.

Para dar lugar aos dois seriados, “O Incrível Hulk” deixará a programação do canal.

Fonte: Retrô TV.

Bonanza em março no TCM 18/01/2010

Posted by spockhur in Estreias na TV, tv.
Tags: , , , ,
1 comment so far

O canal pago TCM anunciou a estreia do clássico faroeste “Bonanza” em março.

Exibido entre 1959 e 1973, o seriado teve em seus primeiros anos o objetivo de incentivar a popularização da tv à cores nos EUA. Mas foi além do apelo comercial, tornando-se um dos programas de maior sucesso durante a década de 60.

A série mostrava Ben Cartwritght (Lorne Greene), viúvo três vezes e pai de três filhos, que luta para manter sua fazenda “A Poderosa”.

O TCM exibirá a série com o idioma original em inglês e legendas em português. Segundo informações divulgadas pelo diretor de programação do canal, Marcelo Tamburri, a dublagem não está disponível nem pela distribuidora CBS nem pelos canais brasileiros. E ainda não há interesse da CBS em redublá-los.

Pelo que pode ser percebido nos dvds lançados pela ClassicLine, apenas alguns poucos episódios diversos possuem uma nova dublagem. Estes mesmos foram exibidos há pouco mais de um ano pela Rede Brasil.

A boa notícia fica por conta de outro seriado. “Os Pioneiros”, que será reprisada em breve pelo TCM, contará com a dublagem original. Com relação a “Voyagers – Os Viajantes do Tempo”, não foram divulgadas informações a respeito.

“Bonanza” estreará dia 1º de março, com exibições de segunda à sexta, às 12h e às 21h.

Fonte: Retrô TV.

TCM trará duas novas séries em 2010 14/11/2009

Posted by spockhur in Estreias na TV.
Tags: , , , ,
2 comments

O canal pago TCM anunciou a volta de dois clássicos da tv em 2010. Trata-se das séries “Os Pioneiros” e “Voyagers – Os Viajantes do Tempo”.

“Os Pioneiros” (Little House on the Prairie, no original) mostrava, em meio a exploração do oeste americano, uma família tentando se assentar em sua fazenda, enfrentando diversas dificuldades. Um drama que conquistou o público durante as 10 temporadas em que ficou no ar, entre 1974 e 1982.

Já “Voyagers – Viajantes do Tempo” (Voyagers!) mostrava as aventuras de Phineas Bogg, membro de uma sociedade secreta de viajantes do tempo que atuavam garantindo que a História não fosse mudada; e Jeffrey Jones, um garoto de 12 anos que acaba acidentalmente sendo levado junto para as viagens no tempo. A série teve apenas um temporada, exibida entre 1982 e 1983.

O TCM ainda não divulgou as datas de estreia dessas séries, mas acredita-se que ocorram ainda no primeiro semestre de 2010.

Tooncast estreia Josie e as Gatinhas 07/11/2009

Posted by spockhur in Estreias na TV.
Tags: , , , , ,
add a comment

O canal Tooncast fez sem muito alarde a estreia do clássico desenho da Hanna-Barbera “Josie e as Gatinhas”. Esta foi a primeira modificação na grade de programação do canal desde que entrou no ar.

“Josie e as Gatinhas” vem sendo exibido desde 1º de novembro, às 15h e às 3h.

O desenho foi exibido originalmente entre 1970 e 1971. Teve apenas 17 episódios produzidos, nos quais a banda formada por 3 garotas viajam pelo mundo em turnê, envolvendo no meio do caminho em aventuras e mistérios.

Em 2001 foi feito um filme baseado na série de animação, com atores reais, mas que acabou sendo um enorme fracasso.

Novas estreias em outubro no TCM 29/08/2009

Posted by spockhur in Estreias na TV.
Tags: , , , , ,
add a comment

O canal pago TCM terá mais novidades em sua programação em outubro. Três novas séries vão estrear, além de mais uma minissérie, levando a várias alterações na grade.

Os Invasores (The Invaders), cultuada série de ficção científica dos anos 60, mostrava a invasão da Terra por seres alienígenas, que tomavam a forma humana. O arquiteto David Vincent, interpretado por Roy Thinnes, descobre e terá de provar que não está louco para salvar a humanidade. A série será exibida a partir do dia 3 de outubro, sempre aos sábados e domingos às 12h e às 19h30min.

Outra estreia é Histórias do Crime (Crime Story), que mostra o tenente Mike Torelle (Dennis Farina) fazendo de tudo para pegar o mafioso Ray Luca (Anthony Denison). Diferente do que se via na tv até então (foi produzida em 1986), principalmente com relação a grande violência, o seriado serviu de inspiração para vários diretores e roteiristas para a criação de filmes famosos. O TCM exibirá a série a partir do dia 5 de outubro, às segundas, quartas e sextas, às 11h e às 20h30min.

A terceira estreia é Na Mira do Tira (Sledge Hammer!), outra série policial, mas que é cheia de comédia. Sledge Hammer (David Rasche) é um atrapalhado policial que enfretava os mais perigosos policiais. O seriado estreia dia 6 de outubro, com dois episódios seguidos exibidos às terças e quintas, às 12h e 12h30min. e às 20h30min. e 21h; além dos sábados e domingos às 21h30min.

A partir do dia 3 de outubro, a minissérie Holocausto passará a ser exibida pelo TCM. Produzida em 1978, mostrava a vida de duas famílias distintas, um ariana e outra judia, em meio a um dos períodos mais tristes da história da humanidade. O programa contou com grandes nomes, como James Woods, Meryl Streep e Michael Moriarty. Será exibida às quartas, às 22h, com reprises aos sábados, também às 22h.

Com essas mudanças, A Gata e o Rato e Águia de Fogo passam a ser exibidos às 19h30min. E o faroeste Chaparral sai da programação.