jump to navigation

Lembrando… Os Invasores 13/10/2009

Posted by spockhur in Artigo.
Tags: , , , ,
trackback

Nos anos 60, o gênero ficção científica estava em seu auge na televisão. Na época, a corrida espacial estava a toda, o que culminaria com a chegada do homem à Lua em 1969.

Mas, até aquele ponto, o estilo mistério, em ritmo de novela, com uma história contínua, não era comum no gênero.

Foi então que, em 10 de janeiro de 1967, estreava na ABC uma série inovadora: “Os Invasores” (The Invaders).

Criada por Larry Cohen, baseada, entre várias produções, em duas séries de sua criação; e produzida por Quinn Martin, responsável por seriados como “O Fugitivo”, “São Francisco Urgente”, “Cannon” e “Barnaby Jones”; “Os Invasores” tinha um enredo surpreendente, assim como explica a narração de abertura:

“Como começa um pesadelo? Para David Vincent, um arquiteto que voltava para casa de uma viagem de negócios, o pesadelo começou alguns minutos depois das 4h, em uma madrugada de terça-feira. Ele procurava um atalho que nunca foi encontrado. Tudo começou com um cartaz de boas-vindas e a esperança de tomar um café. Tudo começou com um bar fechado e deserto e um homem cansado demais para poder continuar uma viagem. Nas próximas semanas, David Vincent voltará ao lugar onde tudo começou”.

Ao parar para alguns mitutos de sono, o arquiteto David Vincent (Roy Thinnes) acaba vendo o pouso de uma nave alienígena. Sai desesperadamente do local em direção à delagacia de polícia. Mas ninguém acredita em seu testemunho. A partir daquele  momento, David, um homem bem-sucedido e respeitado, terá um único objetivo em sua vida: provar para o mundo a ocorrência invasão alienígena, tentando evitá-la.

Os seres extraterrestres assumem a forma humana, mas possuem diferenciações: não respiram, não têm pulsação, batidas cardíacas ou sangue, além de alguns apresentarem um deformação no quarto dedo da mão, devido a um erro no processo de mutação.

Auxiliada por uma excelente e assustadora trilha sonora composta por Dominic Frontiere, a série “Os Invasores” teve um relativo sucesso quando de sua exibição. Entretanto, foi encerrada em sua segunda temporada, em 26 de março de 1968, após 43 episódios.

O status de cult veio ao longo das décadas seguintes. Conquistou um novo público ao servir de inspiração para Chris Carter em “Arquivo X”, série de ficção científica que também utilizou de mistérios e enigmas, juntos de uma trama de teorias conspiratórias.

No Brasil, “Os Invasores” foi exibido na TV Record e na Bandeirantes nas décadas de 70 e 80. Em 1995 chegou a ser reprisada no extinto canal pago Teleuno. O TCM voltou a reprisar a série a partir do primeiro fim de semana de outubro, mas com áudio original e legendas em português.

A dublagem original brasileira foi realizada pela TV Cine-Som/RJ.

Nos EUA as duas temporadas já foram lançadas em dvd, tendo saído pela Paramount/ CBS Home Entertainment. Enquanto isso, no Brasil, ainda não recebemos a série em dvd.

Curiosidades

– A narração da série, no áudio original em inglês, foi feita pelo ator William Conrad (1920-1994), que estrelou as séries “Cannon” e “Jack e McCabe”.

– Atuaram em episódios da série como atores convidados Roddy McDowall, Suzanne Pleschette, Jack Lord (o detetive Steve McGarrett em “Havaí 5-0”), Burgess Meredith (o Pinguim de “Batman”), Michael Rennie (o Colecionador de “Perdidos no Espaço”), Gene Hackman e Edward Asner, entre outros.

– Em 1995 foi produzida um minissérie baseada na série, também entitulada “The Invaders”. O programa foi estrelado por Scott Bakula, que também estrelou as séries de ficção científica “Contratempos” e “Jornada nas Estrelas: Enterprise”. Roy Thinnes apareceu novamente como David Vincent.

– Após o fim de “Os Invasores”, Roy Thinnes atuou em várias produções no cinema e, principalmente na tv. Entre as participações em séries estão “O Barco do Amor”, “O Homem que Veio do Céu”, “Assassinato por Escrito”, “Galera do Barulho”, “Chuck Norris é a Lei”, “Lei & Ordem”, “Arquivo X”, “Oz” e “Law & Order – Special Victims Unit”.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: